Bairro dos Livros | Ciclo de exposições “Ver do Bago” para a Rota do Românico
16924
portfolio_page-template-default,single,single-portfolio_page,postid-16924,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1,vc_responsive

Ciclo de exposições “Ver do Bago” para a Rota do Românico

Data
Categoria
Clientes, Curadoria, Eventos e Animação Cultural, Exposições, Instalações Artísticas, Portfólio, Programação e Gestão Cultural de espaços e projetos, Rota do Românico
Tags
arqueologia, arte sacra, escultura, experiência imersiva, igreja dos capuchos, instalação artística, mosteiro de ancede, penafiel, pintura, românico, rota do românico, santo andré de ancede, ver do bago, ver do bago nos mosteiros, ver do bago nos santos, vinho, vinho verde
Sobre o Projeto

O Bairro dos Livros é responsável pela Conceção, Museografia e Coordenação Cultural do ciclo de exposições “Ver do Bago”, promovido pela Rota do Românico, que celebra a relação material e simbólica entre a vinha e a paisagem cultural e humana dos vales do Sousa, Douro e Tâmega. Começámos com o Ver do Bago nos Mosteiros, em Ancede, Baião, e seguimos depois, em setembro, para o Ver do Bago nos Santos, na Igreja dos Capuchos, em Penafiel. Chegamos, agora, ao Centro de Interpretação do Românico (CIR), em Lousada, para continuarmos uma experiência imersiva que nos mostra como estão interligados a vinha, o vinho, o território, o divino e as pessoas, o Ver do Bago no Sangue.

Nesta apresentação final — além de podermos revisitar as duas exposições anteriores numa experiência imersiva proporcionada por óculos 3D, do “video mapping” que vivifica figuras do além e do livro digital que nos permite ser leitores e autores de iconografias de sempre — desaguaremos na metáfora do vinho como sangue que nos conduz à representação artística de escultura, de pintura e de ourivesaria, presente no mobiliário, nas alfaias e objetos litúrgicos, desde os sacrários sempre resguardados nos retábulos das nossas igrejas às cruzes que alteiam as nossas procissões, passando pelos cálices que comungam a nossa humanidade.

Fotografias de João Lopes Cardoso. Vídeo por SeteSentidos Audiovisuais.
Revisite as exposições numa experiência 360º criada pela 3Decide.